Ronda 3 - Ultrapassar Obstáculos

Está na hora de pegar na caneta e começar a escrever a sua carta de resposta!

O tema da terceira ronda é “Ultrapassar Obstáculos”. Pode encontrar em baixo sugestões de tópicos e considerações a pensar e a desenvolver relacionados com este tema, que esperamos que ajudem a inspirar-se sobre o que escrever. Sempre que possível, relacione o conteúdo das cartas com a sua experiência pessoal e profissional, e espicace a curiosidade das crianças!

Estudantes a ler as suas cartas com ciência (Portugal, abril 2021)

Ultrapassar Obstáculos

Em um ou dois parágrafos, descreva um momento em que teve de perseverar face a um desafio, descreva as medidas que tomou, e depois identifique a lição aprendida. Este momento pode estar relacionado com o facto de ser cientista, ou com o seu percurso educativo, ou com outro aspeto da sua vida profissional ou pessoal – fica à sua escolha! Reconhecemos que alguns obstáculos são profundamente pessoais, e podem não ser histórias ou tópicos que se sinta à vontade para partilhar.

 

Ler sobre como ultrapassou um desafio poderá ajudar cada estudante a construir um conjunto de estratégias e exemplos dos quais possa tirar partido face a desafios. Cada pessoa enfrenta obstáculos profissionais e pessoais únicos, e os desafios que enfrentou podem não ser os mesmos do/da seu/sua estudante. Não assuma que o/a seu/sua estudante enfrentou ou enfrenta obstáculos específicos que não tenham sido partilhados consigo.

 

Sugestões (a ideia não é responder a todas estas perguntas; escolha 1-3 para desenvolver, tendo em conta o limite de máximo de 2 páginas de texto por carta e não se esquecendo de responder à própria carta que recebeu)

 

  • Descreva um momento crítico em que se apercebeu de que um desafio que anteriormente pensava ser impossível era, de facto, ultrapassável. E a mudança de mentalidade que ajudou a perceber que podia ultrapassar o obstáculo? O que fez como resultado?

  • Descreva uma situação em que acabou por se sentir confortável num lugar onde inicialmente sentia não pertencer, ou com pessoas que não o/a aceitavam. Como se sentiu, o que aconteceu para permitir ultrapassar esses sentimentos?

  • Dê a sua opinião: é importante ser capaz de perseverar face aos obstáculos? Porquê? Será melhor, certas vezes, não vencer um obstáculo? Se sim, como sabe quando deve avançar e continuar a tentar, e quando deve recuar e seguir em frente?

  • Conte uma história da coisa mais difícil que alguma vez conseguiu. O que a tornou tão difícil, e como mudou ou cresceu como resultado?

  • Reflita sobre quando tinha a idade do seu ou da sua correspondente. De que aspeto da idade adulta tinha mais medo? A sua preocupação era justificada? Como geriu as suas preocupações? O que aprendeu sobre si próprio?

  • Também pode ser um obstáculo mais recente, por exemplo ligado à situação atual de pandemia. Que estratégias usou/usa que têm ajudado a navegar estes tempos difíceis, e o que aprendeu sobre si nesse processo? Pode até ser um obstáculo que ainda não tenha sido ultrapassado – todos os nossos estudantes ainda estão a experienciar diferenças das suas vidas habituais, por isso provavelmente vão conseguir relacionar-se com o seu exemplo

 

Lembre-se, esta descrição sobre ultrapassar obstáculos é uma componente importante da sua carta, mas não deve ser a carta inteira. O principal é estabelecer uma conversa natural e informal, interagindo também com o conteúdo da carta que recebeu e respondendo às perguntas que tiverem sido feitas. Não se esqueça que uma boa carta deve ter até duas páginas de texto, entrecortadas com elementos visuais sempre que possível – fotografias, imagens, desenhos, mapas... Sobretudo, evite longas passagens de texto. Mais informações em baixo para ajudar a escrever cartas inesquecíveis.

Lembrete: Não partilhe qualquer informação de contacto adicional nem incentive a sua ou o seu estudante a continuar a corresponder-se consigo fora do programa Cartas com Ciência.

Pode ainda consultar aqui conselhos adicionais para interação com estudantes que digam não gostar de ciência.

 

Perguntas Frequentes

Pode consultar aqui as nossas respostas às perguntas mais frequentes de cientistas por correspondência.

 

Materiais da Formação

Recorde os nossos vídeos e diapositivos  com instruções, sugestões e conselhos sobre como escrever Cartas com Ciência, e exemplos de boas práticas para preparar cartas inesquecíveis.


Recorde também o vídeo e diapositivos  sobre a logística do programa.  Pode aceder a mais recursos da formação na sua turma da Google Classroom (como o vídeo sobre situações excecionais e o código de conduta)

Não pense demasiado, ponha as dicas de lado, e relaxe a escrever a sua carta. Antes de terminar a sua carta, confira esta lista de verificação para garantir que não se esqueceu de nada.

Boa escrita de cartas!