About

 

Cartas com Ciência (literally translated to Letters with Science) is a spin-off of spin-off da Native Scientist,  inspired by the american project Letters to a Pre-Scientist.

 

Cartas com Ciência (literally translated to Letters with Science) is a spin-off of spin-off da Native Scientist,  inspired by the american project Letters to a Pre-Scientist.

A nossa visão 

Um mundo com igualdade de oportunidades para todas as crianças

A nossa missão

Inspirar crianças nos países de língua portuguesa a considerar o ensino superior e carreiras científicas.

 

Cartas com Ciência (literally translated to Letters with Science) is a spin-off of spin-off da Native Scientist,  inspired by the american project Letters to a Pre-Scientist.

A nossa equipa

Mariana Alves

Fundadora e Coordenadora

Estudante de doutoramento no EMBL, o Laboratório Europeu de Biologia Molecular, em Heidelberg. A Mariana investiga a regulação de genes durante o crescimento de embriões de Drosophila. Natural de Coimbra, já viveu também em Copenhaga e Cambridge (RU). Adora dança contemporânea, teatro, e música portuguesa, como os poemas cantados por Cristina Branco.

  • Twitter - Black Circle
  • EMBL_logo
  • LinkedIn - Black Circle

Rafael Galupa

Fundador e Coordenador

Investigador pós-doutorado no EMBL, o Laboratório Europeu de Biologia Molecular, em Heidelberg. O Rafael estuda como é que as instruções no nosso ADN determinam as diferentes partes do nosso corpo. Natural de Rio de Mouro, em Sintra, já viveu também em Paris e Estocolmo. Amante da poesia de Sophia, adora passar tempo na natureza.

  • Twitter - Black Circle
  • EMBL_logo
  • LinkedIn - Black Circle

O nosso modelo

CIÊNCIA

Os cientistas têm geralmente pouco à-vontade para explicar o seu trabalho a não-especialistas.

 

Proporcionamos formação

e experiência em comunicação científica a investigadores de várias origens e em diferentes fases das suas carreiras, para capacitá-los a estabelecerem interações mais significativas com a sociedade.

EDUCAÇÃO

A maioria dos países de língua portuguesa estão classificados como de rendimento baixo ou médio-baixo, e muitos têm taxas de alfabetização de 55-70% (UNESCO).

 

Trabalhamos com professores e alunos nos países lusófonos para promover a literacia científica e linguística, bem como as aspirações educativas e profissionais, através de intercâmbios individuais e de longo prazo entre alunos e cientistas.

LÍNGUA

A língua portuguesa é falada por mais de 250 milhões de pessoas em todo o mundo (SIL International). No entanto, para muitas crianças nos países lusófonos, o português não é a sua língua materna, apesar de ser a língua da escola.

 

Promovemos o português como língua de conhecimento e de oportunidades, de solidariedade e de cooperação entre os países de língua oficial portuguesa.

SOCIEDADE

A sociedade em geral tem um baixo capital científico, e preconceitos em relação à ciência e aos cientistas, bem como aos países em desenvolvimento.

Queremos ajudar a quebrar estereótipos através dos nossos canais de comunicação, e a melhorar a forma como as sociedades encaram a educação, a ciência e a diversidade.

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle